segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Uma Mosca Amiga


Hoje lembrei-me de uma pequena historia com a minha Anjinha em 2006 num passeio que fizémos a Fátima. Tinha ela 3 aninhos e meio.

Iamos nós muito bem a passear quando vemos a boa da Anjinha com o braço muito quieto levantado. Quando lhe pergunto o que é que ela tinha...responde:

" Olha mamã, tenho uma mosquinha aqui no meu braço a fazer-me companhia!!"

Imaginem a minha cara...tal como a minha resposta:

" Hoo Amor, que nojo, a mosca é porcaria " e enxoto-lhe a mosca do braço...

...e o que é que eu fui fazer!!!!??!?! Quem conhece Fatima, sabe que o maior silêncio reina em toda aquela zona, não é? Pois é...agora imaginem a boa da Anjinha aos berros:

" Mãaae, nãaaaooooo!!!!! A Mosca era minha amiga, és má!! A mosca era minha amiga e tu tiraste-a do meu braço!! "

Enfim... :)))

6 comentários:

Monikyta disse...

ups...p a próxima deixa q seja ela a enxotá-la ;P

bj meu

mfc disse...

Os miúdos têm uma noção de Justiça e Amizade muito próprias... e talvez mais real!

Ana disse...

A doce inocência das crianças faz-me pensar no que perdemos por não sermos TODOS assim! (Sim eu sei, o mundo perfeito não existe, nem nunca existirá, mas não custa sonhar, não é?!?)
A pior coisa que lhes podemos fazer é tirar-lhes essa inocência antes do tempo. E infelizmente isso acontece cada vez mais e mais cedo!

Andreia do Flautim disse...

LOL, ela estava a gostar dela!

Ana M. disse...

Prque é que temos que complicar tudo,

obrigada pela visita volta sempre

Verita disse...

Mãe má :))
Oh mamã se estivesse na tua posição faria o mesmo sem sombra de duvidas... no entanto é incrivel como as crianças são os seres mais apaixonantes e carinhosas (quando querem, hihi) do universo :))

Jokas boazinhas ;)