sábado, 17 de junho de 2006

Para todas as Mães Coragem

No dia que fui à Feira do Livro, perdi-me....era de se esperar visto que gosto muito de ler e foi com alegria que quando cheguei a casa e abri os sacos, num deles vinha lá um livrinho chamado " Tantas Mãos, a mesma Primavera ". Um livro de Poesia Inedita publicada pela Oficina do Livro. Uma oferta....
No meio de tantos poemas lindos que li, houve um que à medida que o ia lendo só me lembrava de todas as Mães Coragem que tenho vindo a conhecer....
Mães Coragem, esta poesia dedico-a a vocês a aos vossos/as filhotes/as:

"pedes para eu te ensinar a esperança
e eu digo-te
que, apesar das secas e das inundações,
não podemos deixar de semear os campos
para fazer crescer.

pedes para eu te pintar o amor
e eu dou-te uma folha em branco.
porque o branco é a soma de todas as cores
e numa folha vazia
tu poderás pintar o que quiseres.

pedes para eu te contar historias da terra
com os olhos da lua
e eu conto-te as historias
dos meninos com esperança
que nunca deixaram de semear o amor.

pedes que eu fique contigo para sempre,
e eu digo que sim,
e tu acreditas sem pestanejar,
ensinando-me a beleza e a força da confiança
que procuro.

Eu não te peço nada
E tu dás-me tudo."

de Ana Teresa Silva

Beijocas

S

5 comentários:

cloinca disse...

ohh.... lindo, lindo, lindo!!!
Até me arrepiei!
Vou divulgar no meu blog, pois claro!
Provavelmente ainda hoje... ;)
beijões para ti... e obrigada por este momento!
;)
Cláudia

PS: fica boa depressa, ok? Toma lá bjinhos no doi-doi, para ver se passa... ;)

Mixikó disse...

"pedes que eu fique contigo para sempre,
e eu digo que sim,
e tu acreditas sem pestanejar,
ensinando-me a beleza e a força da confiança
que procuro.

Eu não te peço nada
E tu dás-me tudo."

de Ana Teresa Silva

Obrigada linda s, pela magia do momento...adorei...beijos

S&M disse...

Obrigada eu por partilharem estes momentos comigo....

mystic disse...

Não é necessário ser-se mãe para sentir o que transmite esta bela poesia. Boa escolha!
Jinhos e as melhoras

cloinca disse...

;)
De nada, sp à ordens!
Bom trabalho para ti,
Cláudia