sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Uma barata no MEU guarda-fato!

Como algumas amigas virtuais já aqui me disseram…eu realmente ando com um grande galo!!!

Olhem só o que me aconteceu ontem à noite.
Tenho contracto com uma lavandaria que me passa a roupa a ferro e ontem foram lá entregar a roupa a casa. Como já me perderam uma camisa eu tenho quase sempre o cuidado de ir espreitar a roupa para ver se veio tudo ( entretanto o marido já pendurou tudo no guarda-fato )…mas ontem veio tudo e mais um brinde desagrádavel…um brinde chamado BARATA e dentro do meu guarda-fato!!!! Arghhhhhh…que nojo!! Foi ver-me aos berros e aos pulinhos a fugir do quarto a chamar pelo M.
É que além do problema de ser uma barata, de ter receio que me faça criação dentro do guarda-fato, o maior problema nisto tudo é que eu tenho FOBIA de INSECTOS!
Pois bem…lá o M. se fechou dentro do quarto e esteve quase 2 horas de volta da roupa…sem sucesso!! O guarda-fato é grande, 3 portas de correr e cheio de roupa…claro...é para isso que eles servem.
Bom…com a estupida da barata desaparecida, toca de colocar dum-dum à volta do guarda-fato com esperanças que de lá não saia porque só de pensar em ter o bicharoco lá por toda a casa entro em pânico. Fechámos a porta, coloquei uma toalha em baixo da porta não fosse a estupida lembrar-se de passar por baixo e lá fui eu dormir para a cama da Anjinha ( como sabem está em casa dos avós ) e o M. dormiu no chão ao meu lado em cima de um colchão. Acreditem que todas estas cenas só filmadas.
Hoje de manhã: só se foi ao quarto para se tirar o indispensável e vestir e lá foi outra aventura porque tive de arranjar coragem para tirar do guarda-fato as minhas calças…ARGHHHHHHH…que cena! Nem vos consigo explicar o que senti.
Lá saimos de casa deixando a porta do quarto fechada, com a dita toalha a tapar qualquer brecha que possa haver e hoje quando chegarmos a casa vai ser outra luta para irmos…ou melhor…o M. ir à caça da maldita barata!

Credo!!! Grrrrrrr!!! Que neeeeeervooooosssss!!! Digam lá se não ando em maré de azar!!

Doce Beijo

13 comentários:

Anónimo disse...

bom dia

Vem M do trabalho,
Cansado da labuta,
Entra em casa e logo vê
Barata filha da mãe.

Entrou no guarda-fatos
Entre roupa e conselhos
Com o medo que tenho
Arrepiou-me os pelos.

Iniciou-se a caçada
Mais outro chato trabalho.
Tão cansado que M. estava
Mandava a barata pró desterro.

Vamos agora deitar,
Sem mais nada que fazer,
Cada uma pra cada lado
Hoje não vamos …

(oh diabo, faltam-me as palavras)….
Ah! Já sei


Vamos agora deitar,
Sem mais nada que fazer,
Cada uma pra cada lado
Hoje não vamos …ressonar

Uffff

Just Me...S disse...

Anonimo

Como sempre os teus poemas são fenomenais!! loool

Sara disse...

Quando chegar do trabalho
Uma barata vai o M caçar
isto claro se a nojenta
do quarto não se esguierar

Não imagino a tua cara
ao ver a dita no roupeiro
eu berros tb lhe atirava
para alem do candeeiro

Visitantes indesejados
é do pior que pode haver
consporcam o nosso ninho
e nós sem saber o que fazer

O jeito não é muito
Na tua situação nao queria estar
Chama os caça baratas
antes que começe a procriar

Viva os M deste mundo
eu a ela não me chegava
so o barulho de a esmagar
é o suficiente para me arrepiar

Beijokinhas, e vai a bruxa lol

Just Me...S disse...

lol

Nunca esperei que uma barata inspirasse tanto o pessoal a fazer poemas!!!

Beijos Sara

mjf disse...

Olá!
Logo tens a barata e a familia toda á tua espera no teu guarda roupa:=)))
ehehehe

beiocas

Mona Lisa disse...

olá

Que horror!
Metem-me nojo.Detesto insectos principalmente rastejantes...

Aqui (Algarve) tb as vejo (enormes) como as de Luanda!

Quem vai tirar a roupa?...

Bjs.

Mãe e Pai Borboleta... disse...

Amiga...nao tenho jeito para poemas, e as baratas tambem nao me inspiram...lol
Mas desejo-te boa sorte, e que ela apareça morta bem depressa!!!
E se fosse a ti, fazia uma queixa DAQUELAS á lavandaria!!! Que horror!
Mas entretanto...tem calma. Jokinhas

Zé Al disse...

Tanto barulho,tantos poemas,por uma baratinha,se todos fossem como a filha que nem deixa matar uma mosca, a barata tinha uma vida longa e feliz e faria parte da família!
Como a tua filha diz"Avô não mates a mosca também é um ser vivo e faz parte da natureza"não fui eu que lhe ensinei ,mas poderia ter sido!
Beijos pai Zé

Carla disse...

Não acredito que esta "gritaria" toda foi por causa de uma barata!!!!Eu nasci em África onde as baratas tem asas e passam razias á nossa cabeça, talvez por isso não me incomoda nada por um pézinho em cima de uma mas entendo quem tem essa fobia são uns insectozinhos feios e nojentos, só estava mesmo a meter-me contigo. A esta hora estas a pensar , esta não vem cá á muito tempo e logo hoje aparece para me irritar ih ih ih Beijão e uma boa caçada

Carla disse...

Ai que isso anda mesmo mau. E concordo, está na hora de ires à bruxa :D

mfc disse...

Estou a imaginar a cena... nada agradável!
Confesso que também não ia achar piada nenhuma!
Mata-a depressa...
Eu não conseguia sair dali sem a matar!

Swadharma disse...

Je, moi, eu... não tem medo de baratas! Bichos que costumam andar por casa... só aranhas! Brrrr
Não me aparecem baratas em casa, porque se aparecessem coitadas... eram esborrachadas =P

*

Ana Raquel disse...

Minha amiga,
Tu é pombos...Agora baratas, será que não podias escolher uns animaizitos mais bonitos???
Olha o que me ri, realmente tu andas com um galo do caraças...
Segue o conselho dos teus leitores e sim, por favor, vai à bruxa!!!
Bjocas grandes